sábado, abril 02, 2011

Poeminhas 4

(foto perfeita!!)


"De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento."

2 comentários:

lali disse...

poema lindo e foto linda com o efeito do coração ...bjinnnnnnn

JUSTIÇA DIVINA disse...

OLÁ depois de ver uma matéria sobre a criação de um blog contra o preconceito vim procurar na net e achei esse site de vcs ,abaixo postarei uma mensagem que deixei no portal SBT,o Bullying nas escolas nada mais é um fator discriminatório, preconceituoso,onde crianças diferentes são tratadas com descaso, desrespeito e exclusão ,assim como os negros e homossexuais,sou mãe de um menino hj com 14 anos mas na época tinha 06.SEGUE
Me desculpem ,mas não consegui localizar um contato direto com a produção para encaminhar meus relatos.Bem 2003 meu filho de 06 sofreu BULLYING em uma escola ,era chamado de lerdo,burro ,chorão e cagão,procurei a professora e a diretora,a unica coisa que me disseram foi que criança mente,fantasia histórias só para ficar em casa,mas ele tinha seis anos e estava em fase de adaptação escolar,como ele chorava muito ,resistia para não ir a escola,e continuava dizendo que a professora apenas dizia a ele que ficaria sem merenda,sem ir fazer as atividades física para copiar o dever na sala da direção sozinho ele começou a passar mal,ter febre ,vomito, diarréia,foi daí que resolvi gravar a aula ,resumindo são 8 anos de sofrimento ,mudei de cidade para ver se ele se adaptava em outra escola,paguei sem ter condições uma escola particular,porque todos diziam que o problema era meu filho e eu,fui acusada de ter uma relação de simbiose que deveria ser estuda,onde meu filho poderia desenvolver problemas sexuais no futuro,foi um choque para familia ,pois meu pai é um militar da reserva,minha mãe trabalhou na extinta secretária do menor,cheguei a ser presa porque não encaminhei mais meu filho a escola,e minha sorte que gravei a audiência se não estaria na cadeia e meu filho sem pai e sem mãe,a justiça e todos os órgão que se dizem defender os ECA nada fizeram,e meu filho até hoje desde 2008 não teve resposta do meu pedido de vaga na escola que minha advogada fez ao promotor da comarca de Jundiaí/SP, resumindo sou testemunha que os maiores culpados desta chacina de fato fora a omissão de muita gente ,a diferença entre o caso do rapaz Wellington é que ele ficou sem chão ,sem um apoio familiar,do sistema e pior excluído pela sociedade e humilhado.Peço as vcs que se de fato fazem um jornalismo imparcial e estão de fato preocupado com o futuro de nossas crianças de digo mais de tentar pelo menos amenizar as violências e as injustiças,procurem ouvir pessoas que tiveram seus filhos vitimas de BULLYING e vejam o que isso causa não só as vitimas mas a toda familia,pois a maioria da imprensa so sabem viver nas custas das mazelas e desgraças humanas se esquecem que podem ter seus filhos ou entes queridos vitimas desse mesmo sistema falido.As pessoas tem que aprender a respeitarem as diferenças, o modo de vida de cada um,o modo de se vestirem,as diferenças sociais,a aparência física,a cor de pele,a sexualidade de cada um,pois so assim poderemos construir um mundo mais justo e igualitário sem termos que seguir estereótipos de inclusão social .Pois nossa justiça não funciona e é lenta e muitos acabam não tendo preparo psicológico para suportar tamanhas injustiças!DESDE JÁ AGRADEÇO ,SE PUDEREM PASSE PARA O JORNALISMO DO NASCIMENTO E DA CINTIA.VAMOS A LUTA E A UNIÃO FARÁ A FORÇA CHEGA DE DEMOCRATURA E DE IMPOSIÇÕES DE ESTEREÓTIPOS